Piscina e aliada de quem tem pressa em perder peso

A natação é cada vez mais escolhida por pessoas interessadas em perder peso, sejam elas um pouco acima do peso, obesas ou mesmo atletas que buscam melhores resultados na prática esportiva. São vários os benefícios para quem escolhe este esporte, principalmente quando está fora de forma. Dois desses benefícios são efeitos leves nas articulações e melhora na saúde cardiorrespiratória. Olhando para este mercado, que inclui não só a estética, mas também a saúde, formadores e ginásios desenvolvem programas para satisfazer e otimizar a procura do fitness, que é uma saída muito mais inteligente do que as dietas milagrosas que surgem todas as épocas do ano.

Não há milagres quando o objetivo é perder peso. A regra é clara: para perder peso, o consumo de calorias deve ser menor do que o corpo gasta. Na luta para equilibrar esse equilíbrio, as pessoas recorrem ao esporte. Mas é sempre difícil e, muitas vezes, doloroso, escolher esportes de maior impacto, como corrida e artes marciais. Há uma chance muito alta de que a pessoa não resista à dor inicial. Na natação, ao contrário, a pessoa resiste mais ao desgaste e tem resultados rápidos, queimando mais calorias do que outros exercícios de baixo impacto, como caminhadas, afirma a fisiologista Valéria Scornaienchi.

Para ter uma queima efetiva de gordura em qualquer atividade física, é importante que seja praticada regularmente. As intervenções mais severas nem sempre são as mais eficazes a médio prazo, é o famoso efeito acordeão. Recomendado é que a pessoa perca peso gradualmente, disse Scornaienchi. É importante alguém sentir o prazer de nadar, não que seja um sacrifício momentâneo. Para o American College of Sport, uma pessoa saudável é aquela que gasta entre 1.000 e 1.500 kcal por semana em desporto. O exercício pode consumir entre 300 e 500 kcal por dia.

Na luta contra a balança, o desporto é apenas uma das armas. Não vale a pena matar-se no ginásio e manter os mesmos hábitos alimentares. A soma destes dois fatores supera o resultado de um resultado eficaz e duradouro. É importante que a pessoa não tenha fome. Alguns estudos mostram que um número constante de refeições diárias, sem alterações bruscas, também torna o corpo mais capaz de oxidar gorduras e desperdiçar energia corretamente. Há uma constatação de que se faltarmos às refeições ou não cumprirmos os seus horários, o corpo ajusta-se para poupar energia, disse Sandra Maria Lima Ribeiro, nutricionista desportiva. (Qual é o seu peso ideal? Clique aqui e dê uma olhada)

Estratégias de Natação

Para o treinador desportivo Rodrigo Taddei da Limiar Assessoria, algumas estratégias são capazes de aumentar a queima de gordura enquanto nada:

- Aumente a intensidade. Ex.: Treino intervalado de maior intensidade (no limite máximo do limiar aeróbio).

- É uma variação no treino. Assim, o corpo não se habitua nem acomoda, com isto, as despesas calóricas serão sempre mais elevadas.

- Utilize dispositivos que aumentem o trabalho muscular e gerem um crescimento dos gastos calóricos, como areia de palma e barbatanas.

De acordo com Taddei, estes métodos combinados podem causar um aumento de 37% na queima de gordura, em comparação com o treino contínuo, de intensidade moderada e invariáveis. Ao adicionar estas dicas para o treino regular, haverá certamente um aumento dos gastos com calorias e, consequentemente, o aumento da queima de gordura, disse Taddei.

Aprendizagem poderosa

Com base na investigação para aumentar a aposta em calorias durante o treino de natação, o treinador desportivo Rodrigo Taddei montou um treino exemplar que pode ser praticado três vezes por semana com uma duração média de uma hora. Um treino normal, de uma pessoa de 70 kg, pode produzir um custo calórico médio de 600 kcal /h. A natação de borboletas é a que promove um consumo de calorias mais elevado, uma média de 770 kcal/h. Enquanto as costas, a natação do peito e do rastejar são mais iguais, entre 560 e 630 kcal/h permanecem. O modelo abaixo, segundo Taddei, pode aumentar estes números até 37%.

Treinamento 1

Rastejar a 600 metros

Pernas de 200 metros 10 vezes 50 metros Passo a passo forte com intervalo de 30 segundos entre as séries

Braço de 600 metros com 3x1 respiração

200 metros de solto (vários estilos)

Formação 2

4 vezes 150 metros Crawl e 50 metros pernas

4 vezes 100m medli

4 vezes braço forte de 200 metros com intervalo de 45 segundos (alternar com e sem mão)

1.000 pés Rastejar azedo

Formação 3

500 Metros Rastejar

4 para 100 metros Strong Crawl com intervalo de 30 segundos

400 metros de braço 4 vezes

100 metros de rastreamento forte com intervalo de 30 segundos

400 metros de mãos com palma

100 metros grátis

Comentários (1)

*Estes comentários foram gerados por este site.

  • lídia h zanan
    lídia h zanan

    Tudo de bom

Deixe o seu comentário

Ótimo! Agradecemos você por dedicar parte do seu tempo para nos deixar um comentário.